Manter o site, de um modo geral custa tempo e dinheiro, mas fazemos isso porque acreditamos que o nosso trabalho é importante. Saiba mais

Encontre o local que faça a coleta ou e reciclagem dos resíduos sólidos e perigosos. Clique aqui

No geral, no recém lançado Índice Trilema Mundial de Energia, o Brasil ficou em trigésimo sétimo lugar e na segurança energética, quadragésimo terceiro.

Brasil está em 17° no índice de desempenho em sustentabilidade ambiental

País aparece em uma boa colocação no ranking de sustentabilidade ambiental em uma lista de 130 países

Publicado pelo Conselho Mundial de Energia, o índice anual classifica os países com relação a segurança energética, a equidade de energia – que é a acessibilidade e disponibilidade de energia através de uma população – e sustentabilidade ambiental.

No geral, no recém lançado Índice Trilema Mundial de Energia, o Brasil ficou em trigésimo sétimo lugar e na segurança energética, quadragésimo terceiro. Suíça, Suécia e Noruega são, respectivamente, os  três primeiros colocados. Os Estados Unidos ficou em primeiro lugar no capital próprio de energia, enquanto a Suíça levou o primeiro lugar na sustentabilidade ambiental.

Os países do norte da Europa ganharam altas notas por emitirem baixos níveis de poluição e utilização de uma infra-estrutura de energia com emissões “ultra-low” que utiliza usinas movidas a combustíveis fósseis por apenas um por cento da geração de eletricidade.

“Não é apenas um jogo de classificação”, disse MacNaughton, presidente do Índice Trilema Mundial de Energia. “São objetivos da política pública que importam muito. Então você não quer fazer bem menos do que você poderia entregar. “

No geral, MacNaughton acredita que o índice é uma ferramenta importante para as decisões políticas.”Se os países estão tentando melhorar o seu desempenho, qualquer país pode cair no ranking.”

Mais informações: worldenergy.org